Você já deve ter passado por alguma situação negativa em que tenha irritado-se. Neste momento, certamente você sentiu seu coração acelerar, sua energia aumentar e todo o seu corpo reagindo a esta emoção, não é mesmo? Isto mostra como as nossas emoções afetam o nosso corpo. Lógico, se este episódio de raiva for eventualmente e por um motivo relevante, as consequências são pequenas, mas se tornar-se recorrente em sua vida, seu corpo começará a sofrer os danos que esta emoção negativa provocará.

As diferentes ciências concordam de que a maioria das nossas doenças físicas tem como causa as nossas emoções, ou melhor, o descontrole das nossas emoções. Isto quer dizer que as emoções negativas presentes constantemente, afetam nosso corpo.

Quando a emoção é exagerada como a apresentada no filme “Um dia de fúria”, todos ao nosso redor irão perceber, assim como nós mesmos, porém, emoções negativas menos evidentes como a tristeza, melancolia, medo, angústia, falta de prazer pelo que fazemos e tantas outras, tendem a causar tanto mal quanto as mais evidentes, principalmente se ficarem presentes por muito tempo. Neste caso, irão minar aos poucos nossa saúde física e mental.

Então a pergunta é: Como você se sente frequentemente? Você já identificou quais são as causas destas emoções negativas? Quais pensamentos lhe vem a mente que disparam esta emoção? O que você pode fazer para melhorar esta situação que está lhe incomodando?

Comprometa-se neste final de semana em fazer pelo menos uma pequena ação para modificar algo que está lhe fazendo mal.
Fazendo isto a sua próxima semana será bem melhor do que esta e continuando neste caminho, em algum tempo você voltará a encontrar muitos motivos para sorrir.

Eu confio que você pode mudar porque frequentemente atendo pessoas que mudam (e muito) a sua qualidade de vida, sua saúde e até mesmo o seu meio. Mãos a obra!!! Desejo para você sucesso com felicidade e saúde.